+55 (62) 3091-8010 | contato@aser.com.br

Agora posso receber pagamentos via WhatsApp? Entenda o que está acontecendo

Agora posso receber pagamentos via WhatsApp? Entenda o que está acontecendo
Tempo de Leitura 6 Minutos

Agora posso receber pagamentos via WhatsApp? Entenda o que está acontecendo

O Facebook, empresa dona do WhatsApp, há anos tenta entrar no setor financeiro e o WhatsApp Pay é uma dessas tantas tentativas; mas agora as coisas estão mudando e parece que o Whatsapp Pay chegou para ficar.

Mark Zuckerberg, CEO do Facebook, anunciou a algum tempo atrás que o WhatsApp Pay seria disponibilizado no Brasil.

O sistema, que estava sendo testado na Índia, permite que as pessoas enviem e recebam dinheiro usando o aplicativo de mensagens da empresa. As pequenas empresas também devem fazer vendas facilmente no WhatsApp.

O Brasil é o primeiro país onde o Facebook está distribuindo amplamente os pagamentos no WhatsApp após testes bem sucedidos.

O recurso utiliza como base o Facebook Pay, a solução de pagamentos que o proprietário do WhatsApp lançou no ano passado. O novo recurso está sendo disponibilizado gradualmente aos usuários brasileiros desde maio deste ano.

O Facebook fez parcerias com bancos locais, incluindo Banco do Brasil, Nubank e Sicredi. As transações podem ser realizadas com cartões de débito ou crédito Mastercard e Visa emitidos por instituições financeiras parceiras.

 

Diagnóstico de Segurança

 

Afinal, de onde surgiu o WhatsApp Pay?

Em 2018, o WhatsApp teve a ideia de desenvolver um serviço onde seria possível pagar e receber dinheiro através de uma única mensagem. Na prática, o serviço lançado recentemente permite que você faça exatamente isso.

A nova ferramenta é baseada em outros produtos como o Bizum e, talvez, ganhando popularidade, se tornasse uma ótima ferramenta para usar em seus futuros negócios e no dia a dia para pequenas transações.

O serviço foi pensado para que empresas, principalmente pequenos negócios, possam receber pagamentos rápidos, sem a utilização direta de cartões, tornando-se um ótimo complemento ao WhatsApp Business.

Como você faz pagamentos via WhatsApp?

O serviço está totalmente atrelado ao Facebook Pay. Os pagamentos efetuados através do WhatsApp serão uma ferramenta muito uteis tanto para compras em geral, quanto para transações corriqueiras do dia a dia.

Primeiramente, as transações podem ser efetuadas entre contas comuns, como de familiares e amigos. As transferências podem ser de qualquer tipo, compras, pagamentos de dívidas ou apenas presentes.

Do outro lado, também pode ser efetuado pagamentos a empresas de uma forma muito prática. O objetivo é facilitar ao máximo essas transações, como é feito com o envio de mensagens através do aplicativo.

O WhatsApp Pay requer alguns poucos passos de cadastro: primeiro, você precisa criar uma conta no Facebook Pay; em seguida no WhatsApp Business para receber pagamentos; e, no final, as contas devem ser vinculadas.

Na verdade, a empresa não deixou claro se haverá tarifas de qualquer tipo para transações entre amigos e familiares. No entanto, para compras cross-business, a taxa será de 3,99%.

Quais são os limites para pagamentos pelo WhatsApp?

A princípio, será possível transferir até R$ 1.000 por transação. Além disso, é possível receber até 20 transações por dia, mas há um limite mensal de R$ 5.000.

Em termos de segurança, o WhatsApp informa que os detalhes das transações são criptografados de acordo com o padrão PCI. Os usuários são obrigados a usar um PIN do Facebook Pay ou a impressão digital para autorizar cada pagamento.

Como será a aparência dessa nova ferramenta do WhatsApp?

Por enquanto, os usuários brasileiros são os únicos no mundo que podem usufruir dos pagamentos que podem ser feitos pelo aplicativo, mas, aos poucos, isso se espalhará também para outras partes da América Latina e para todo o mundo.

O novo recurso aparecerá dentro do aplicativo, que será adicionado nas opções de documentos compartilhados como “Pagamentos”.

Diferentes tipos de confirmação estão disponíveis, como inserir uma senha, numérica ou desenho, ou uma impressão digital, para autorizar transações, assim como quando compramos algo no Google Play.

WhatsApp Pay: O desenvolvimento na Índia e no Brasil

Após compreender o básico, vamos entender a seguir o que aconteceu na Índia, e vem acontecendo no Brasil, no que diz respeito ao WhatsApp Pay, para compreender o contexto geral da situação.

Desenvolvimento na Índia

O WhatsApp passou por longos dois anos de disputas jurídicas para ser aprovado na Índia; entretanto, após esse período, tornou-se um enorme sucesso e ganhou uma boa reputação no país asiático.

A Índia tem uma população gigantesca e, por isso, o WhatsApp decidiu lançar o novo serviço no país. Após ser bem recebido pelos usuários, a empresa decidiu lançar o serviço também no Brasil, apesar de possuir funcionalidades diferentes.

Desenvolvimento no Brasil

Como dissemos, a situação do WhatsApp Pay no Brasil é um pouco distinta da Índia: aqui, aliás, poucos meses depois de seu lançamento, o banco que trata da regulamentação das transações do WhatsApp decidiu finalizar o serviço para verificar ainda mais sua legalidade.

No entanto, isso tornou a funcionalidade mais segura para o público em geral, permitindo que o WhatsApp Pay fosse relançado no mercado este ano. Depois de sofrer um atraso devido questões legais, o aplicativo finalmente recebeu permissão do Banco Central.

Os pagamentos pelo WhatsApp são realmente seguros?

Você enviaria dinheiro para outras pessoas através de um aplicativo, inicialmente, de mensagens? Embora o Whatsapp permita que você envie dinheiro facilmente para qualquer pessoa que o tenha ativado em seus contatos, também traz questões de privacidade.

O que todos querem saber é o seguinte: “meus dados financeiros estão seguros com o WhatsApp?” Vejamos o que o Facebook e o Whatsapp tem a dizer:

WhatsApp compartilha seus dados com o Facebook?

Embora suas mensagens do WhatsApp sejam criptografadas de ponta a ponta, seus dados de pagamento podem não ser muito seguros.

De acordo com um relatório da TechRadar, os termos e condições do WhatsApp têm algumas cláusulas que podem significar que eles estão compartilhando seus dados financeiros com o Facebook. Entenda melhor a cláusula a seguir:

“Para enviar instruções de pagamento aos PSPs, manter seu histórico de transações, fornecer suporte ao cliente e manter nossos serviços seguros e protegidos, incluindo para detectar, prevenir ou de outra forma tratar de fraude, segurança, abuso ou outra conduta imprópria, compartilhamos as informações que coletamos sob esta Política de Privacidade de Pagamentos com provedores de serviços terceirizados, incluindo o Facebook.”

O que isso pode significar para você?

O escândalo da Cambridge Analytics levantou novas questões sobre a invasão de privacidade no espaço digital. O Whatsapp introduziu recentemente os pagamentos via UPI na Índia em beta fechado.

Isso permite que os usuários realizem pagamentos pelo endereço de pagamento virtual (VPA) que está vinculado à sua conta bancária. Há preocupações crescentes sobre se os pagamentos pelo Whatsapp são uma forma segura de transferir dinheiro.

O Whatsapp armazena informações de suas transações monetárias como valor, data, hora, frequência e VPA do receptor para encaminhá-las aos provedores de serviços de pagamento.

Em seguida, reúne essas informações e as compartilha com o Facebook. O Facebook usa esses dados para algo? Em seu site oficial, o WhatsApp diz:

“O Facebook não usa as informações de pagamento do WhatsApp para fins comerciais, ele simplesmente ajuda a passar as informações de pagamento necessárias para o parceiro do banco e a NPCI. Em alguns casos, podemos compartilhar dados limitados para ajudar a fornecer suporte ao cliente para você ou manter os pagamentos seguros e protegidos. ”

Alternativas ao WhatsApp Pay

Como alternativa aos pagamentos via WhatsApp temos 3 opções para recomendar, pois podem ser úteis para você e para os projetos que está realizando. Listamos abaixo para você decidir qual é o melhor para suas necessidades.

  1. Paypal

    O Paypal é um dos serviços de pagamento mais populares e, acima de tudo, um dos mais duradouros.

    Ele permite que você faça transações em poucos segundos até mesmo para seus contatos, seja com o saldo disponível em nossa conta PayPal ou conectando-o à sua conta bancária.

    Também é possível enviar um link do PayPal.me para nossos contatos, permitindo pagamentos ainda mais rápidos. Algumas empresas também permitem o pagamento com este serviço, possuindo códigos QR para este fim.

  2. PIX

    O Pix incorporou uma série de inovações, para digitalizar, desburocratizar e agilizar o mercado de transferências bancárias e pagamentos.

    O sistema promove a transação direta diminuindo o custo operacional e o número de intermediários no processo. É possível, por exemplo, fazer um Pix entre bancos diferentes sem pagar nenhuma tarifa por isso.

    O Pix funciona 24 horas por dia, 7 dias por semana, e conclui a transação em 10 segundos. A adoção de chaves de identificação para cada conta, utilizando informações habituais (número de celular, número social, e-mail, etc.), permite que o processo seja feito de forma prática.

    Para fazer uma transação, o pagador só precisa identificar o beneficiário através da chave e confirmar a transação.

  3. Revolut

    Este aplicativo permite enviar dinheiro instantaneamente, é um dos Neobanks mais usados ​​do mundo e é muito fácil transferir dinheiro diretamente no aplicativo.

    As transferências bancárias podem ser feitas rapidamente para a conta e o dinheiro pode ser transferido para outras moedas sem quaisquer taxas, desde que o limite por transação não seja excedido.

    O Revolut é uma ótima opção para quem trabalha com pagamentos internacionais e deseja utilizar moedas estrangeiras de maneira rápida e prática.

Diagnóstico de Segurança