+55 (62) 3091-8010 | contato@aser.com.br

Infraestrutura de ti empresas: como tornar a sua empresa mais segura em 3 passos.

Infraestrutura de ti empresas: como tornar a sua empresa mais segura em 3 passos.
Tempo de Leitura 4 Minutos

Infraestrutura de ti empresas: como tornar a sua empresa mais segura em 3 passos.

 

Como todos nós já sabemos, uma infraestrutura de ti é todo software, instalações, redes, hardwares que são necessários para testar, entregar, monitorar, desenvolver ou suportar aplicativos e serviços de TI. O termo “Infraestrutura de TI” abrange toda a tecnologia da informação.

Além disso, também temos em mente que a segurança da informação é algo muito importante para manter a integridade de infraestrutura de TI. Sabemos que a segurança da informação desrespeita basicamente a proteger a integridade, confiabilidade e disponibilidade de dados, de modo que o seu valor para uma pessoa ou para uma organização seja mantido.

Com as novas tecnologias as informações passaram a ser mais abrangentes e rápidas, fazendo com que as decisões das empresas ou instituições pudessem ser mais rápidas e eficazes. Sendo assim, é muito difícil ver empresas que não utilizam os sistemas de informação, porém se esses meios de locomoção das informações não forem bem protegidos a empresa corre um grande risco de perder dados e informações preciosas.

Ou seja, a segurança da informação é algo que não pode ser dispensável dentro de uma empresa, pois ela que é responsável por manter a segurança e a integridade dos dados que estão sendo armazenados pela mesma.

Há alguns anos através foi apurado que umas das principais preocupações das empresas era voltado para a segurança da infraestrutura de ti.

Sabendo que esse é uma das principais preocupações de uma empresa, neste artigo nós vamos ver três passos que você pode colocar em prática dentro da sua empresa para que você a torne mais segura.

Os três passos que serão abordados no decorrer deste artigo são:

  • 1º Passo: Tenha uma política de segurança dentro da sua infraestrutura de ti;
  • 2º Passo: Estabeleça critérios a serem seguidos para a contratação de sistemas;
  • 3º Passo: Tenha um cronograma e faça testes de vulnerabilidade.

1º Passo: Tenha uma política de segurança dentro da sua infraestrutura de ti

imagem_1

Como vimos, as áreas de tecnologia dentro das empresas cresceram, e com elas também houve o aumento das ameaças digitais. Por conta disso, as empresas tiveram que adotar rotinas de segurança que fossem capazes de manter os dados seguros e as informações. Além de atingir um número reduzido de vulnerabilidades dentro da empresa.

Caso a política de segurança de uma empresa seja vulnerável, os dados dos usuários e transações financeiras ficam expostos a diversos ataques. Podendo assim perder todas as informações, causando prejuízos financeiros e possíveis problemas judiciais.

Por conta desses possíveis problemas, é aconselhável investir em uma política de segurança eficaz, que atinja os principais elementos de uma infraestrutura de ti e que reduza o número de vulnerabilidades existentes.

E como isso pode ser feito?

Essa política de segurança pode ser feita através de controle de acesso aos dados, uso de sistema de monitoramento e através de implementação de ferramentas de criptografia. Através disso você terá um bom controle do seu ambiente digital, precavendo possíveis perdas de dados e informações.

2º Passo: Estabeleça critérios a serem seguidos para a contratação de sistemas

imagem_2

Hoje em dia sabemos que com a facilidade que as pessoas têm em adquirir os softwares como serviço. O tão conhecido Saas. Por ser uma coisa tão acessível, essa acessibilidade deu origem ao Shadow IT.

Como sabemos, o Shadow IT, são dispositivos, softwares e serviços que estão fora do controle da equipe de TI. E que além disso não possuem uma aprovação organizacional clara.

Por conta dessa facilidade, os usuários acabam adquirindo softwares que não possuem a devida qualidade técnica necessária para que os dados corporativos sejam mantidos em segurança.

Vendo os problemas que os Shadow it podem causar, é de extrema importância que a equipe de TI junto com os líderes dos departamentos estabeleça critérios a serem seguidos para a contratação de sistemas. Para que assim seja evitado que softwares com falhas de desenvolvimento coloquem em risco toda a infraestrutura de TI. Pois além de colocar a infraestrutura de ti em risco, acaba colocando o negócio como um todo em risco.

3º Passo: Faça testes de vulnerabilidade

Entender quais são as vulnerabilidades e os riscos que passam no ambiente de TI da sua empresa é de extrema importância.

O objetivo dos testes de vulnerabilidade é verificar a resistência das redes e sistemas da sua empresa. Todos os dias são descobertas novas falhas em diversos sistemas, sendo assim, é de extrema importância que os teste sejam feitos com uma certa frequência.

Os testes de vulnerabilidade são capazes de mostrar qual a real situação sobre a segurança da sua área de TI.

Bom, esses foram os três passos que demos para que você melhore a sua infraestrutura de ti. E consequentemente melhore a segurança da sua empresa em relação a dados e informações.

Resumindo: Tenha uma política de segurança para manter os dados seguros, assim como as informações. Invista em uma política de segurança eficaz, que atinja os principais elementos de uma infraestrutura de ti. E que reduza o número de vulnerabilidades existentes.

Estabeleça critérios a serem seguidos para a contratação de sistemas. É de extrema importância que a equipe de TI junto com os líderes dos departamentos estabeleça critérios a serem seguidos para a contratação de sistemas. Para que assim seja evitado que softwares com falhas de desenvolvimento coloquem em risco toda a infraestrutura de TI.

Faça testes de vulnerabilidade para saber se a sua rede está realmente preparada caso haja algum ataque.

Para esclarecer algumas dúvidas ou curiosidades que você possa ter, fale com um dos nossos especialistas em segurança da informação.

QUERO FALAR COM UM ESPECIALISTA!