+55 (62) 3091-8010 | contato@aser.com.br

Tecnologias disruptivas: o que é e como elas podem beneficiar seu negócio

Tecnologias disruptivas: o que é e como elas podem beneficiar seu negócio
Tempo de Leitura 3 Minutos

Tecnologias disruptivas: o que é e como elas podem beneficiar seu negócio

Computador, inteligência artificial, internet das coisas, blockchain… Você sabe o que essas tecnologias têm em comum? São todas tecnologias disruptivas! 

E se você ainda não sabe muito sobre esse tema ou tem dúvidas sobre o assunto, vale a pena conferir este conteúdo e descobrir como as tecnologias disruptivas impactam os negócios. Boa leitura!

O que são tecnologias disruptivas

O computador, quando surgiu na década de 40, substituiu a antiga máquina de escrever e mudou completamente a forma como trabalhamos e vivemos. Pois bem, o computador é um exemplo clássico de tecnologia disruptiva.

O conceito, usado pela primeira vez pelo professor da Harvard Business School, Clayton M. Christensen, na década de 90, aplica-se a toda tecnologia que representa um produto ou serviço que supera aquilo que já está disponível no mercado. Trata-se de algo inovador, que cria uma indústria completamente nova. 

Ou seja, trazem uma solução nova, que pode ser muito diferente da metodologia já existente. Podem também utilizar algumas características de sua antecessora, porém otimizando a experiência dos usuários.

Como as tecnologias disruptivas podem beneficiar seu negócio

Atualmente, as mudanças são cada vez mais rápidas e tecnologias disruptivas surgem a todo momento, mudando radicalmente o trabalho e a vida de quem tem acesso a elas. 

Sendo assim, é fundamental aplicá-las aos negócios, já que além de manter os processos e os recursos de TI constantemente atualizados, elas garantem o cumprimento de normas e leis (compliance), segurança e competitividade. 

No mais, o uso das tecnologias disruptivas trazem os seguintes benefícios:

Virtualização de ambientes

Essas tecnologias tornam possível disponibilizar diversas soluções e informações no ambiente virtual, dentro de um programa no computador ou na nuvem. Com isso, se pode economizar espaço e recursos, otimizar a infraestrutura, automatizar processos, centralizar a gestão e testar novas tecnologias na empresa. 

Maior capacidade de armazenamento

As tecnologias disruptivas têm capacidade de armazenar mais dados e de forma mais segura, além de integrar-se a softwares de leitura para compreender, categorizar, distribuir e avaliar as informações guardadas. Assim, os gestores têm acesso a uma fonte infinita de informações que podem ser usadas para melhorar a tomada de decisão. 

Diferencial competitivo

Empresas que aplicam tecnologias disruptivas têm um grande diferencial competitivo, uma vez que elas revolucionaram o negócio e ajudam a melhorar a produtividade, a reduzir os gastos e engajar clientes. 

Como aproveitar as oportunidades criadas pelas tecnologias disruptivas

Uma dúvida comum é como extrair o máximo de vantagens das tecnologia disruptivas e aplicá-las na na empresa? Bem, com alguns ajuste no seu planejamento de TI isso é fácil de ser alcançado:

Instaure uma cultura de inovação

Crie um ambiente aberto às novas ideias e dê oportunidades para que todos possam opinar sobre possíveis melhorias em seus processos de trabalho. 

Diagnóstico de Segurança

Fique de olho no mercado

Acompanhe as mudanças no mercado e prepare sua equipe para absorver e conseguir atender às novas demandas que surgem.

Colete dados sobre seus clientes

Uma empresa só cresce quando seus clientes estão satisfeitos com o produto ou serviço oferecido. Por isso, é tão importante conhecer o seu público por meio de um banco de dados detalhado e assim oferecer um atendimento personalizado e único.

Envolva todas as áreas do negócio

Todos os profissionais devem trabalhar de forma integrada e alinhada com os objetivos da empresa. Afinal, todos são importantes para o sucesso do negócio. 

Invista em novas tecnologias

Acompanhe as inovações do mercado, ofereça treinamento constante para os seus colaboradores e mantenha sua equipe atualizada com o que há de mais moderno quando o assunto é tecnologia. 

4 tipos de tecnologia disruptiva

Agora, conheça quatro tecnologias disruptivas que estão em alta:

AI (Inteligência Artificial)

A IA é a tecnologia usada em máquinas para que elas “pensem” cada vez mais de maneira similar ao ser humano, com base em um grande volume de dados. 

Já há algum tempo a Inteligência Artificial está presente no dia a dia de milhares de pessoas, isso  porque empresas grandes, como o Google e a Microsoft, e também centenas de outras, fazem uso delas. Exemplo de aplicação da IA: chatbots. 

IoT (Internet das Coisas)

A Internet das Coisas é uma rede expansiva de “coisas” ou dispositivos conectados à internet que facilitam a intercomunicação dos aparelhos. Fechaduras inteligentes, sensores de temperatura e umidade para irrigação de culturas, controle de termostatos pelo celular, cidades inteligentes… Tudo isso é IoT.

Blockchain

O blockchain é uma tecnologia disruptiva que permite o gerenciamento dos bancos de dados de maneira autônoma, sem a necessidade de um administrador, visto que os usuários são os próprios administradores. Seus principais recursos são: descentralização, transparência e segurança. Muito usada por bancos e instituições financeiras, ela pode ser considerada uma revolução no segmento. 

Impressão 3D

Essa é uma tecnologia que existe desde os anos 80, mas que só se tornou popular na última década. Seus benefícios incluem versões mais rápidas, baratas e personalizadas de inúmeros objetos, desde os mais simples até componentes de naves espaciais, passando pela arquitetura e construção civil.

Esperamos que este artigo sobre tecnologias disruptivas tenha sido útil para você. Para acessar outros conteúdos sobre o universo do TI e estar sempre atualizado sobre tecnologia e cibersegurança, acompanhe as publicações aqui, no blog da Aser.