+55 (62) 3091-8010 | contato@aser.com.br

Infraestrutura de TI: passo a passo de como tornar sua empresa mais segura

Infraestrutura de TI: passo a passo de como tornar sua empresa mais segura
Tempo de Leitura 4 Minutos

Infraestrutura de TI: passo a passo de como tornar sua empresa mais segura

 

Com as atividades corporativas cada vez mais dependentes de computadores e internet, e os números de ciberataques se multiplicado constantemente, a segurança da infraestrutura de TI deve ser prioridade para empresas de todos os segmentos. 

Considerando esse cenário, neste artigo nós falamos sobre a importância da estrutura de Tecnologia da Informação para a boa operação das empresa e damos dicas de como torná-la mais segura e, assim, manter os dados e informações do negócio protegidos. Boa leitura!

A importância de ter uma infraestrutura de TI segura

Como você deve saber, a infraestrutura de TI de uma empresa é formada por todos os softwares, instalações, redes e hardwares que ela usa para desenvolver, testar, entregar, monitorar ou suportar aplicativos e serviços de Tecnologia da Informação.

E no mundo atual, ter uma estrutura de Tecnologia da Informação bem montada é fundamental para que um negócio possa funcionar bem. O problema é que muitos donos e gestores de empresas ignoram que além de completa, a infraestrutura de TI precisa ser segura. Só assim o ativo mais valioso dos negócios no mercado de hoje estarão protegidos: os dados. 

São as soluções de Segurança da Informação aplicadas à infraestrutura de TI que garantem às empresas a integridade, a confiabilidade e a disponibilidade dos dados. E é por isso que a área de TI está cada vez mais conectada ao business dos empreendimentos. Assim, dar atenção à segurança e à proteção dessa área deve ser prioridade nas empresas que desejam crescer sem ficar expostas a ciberataques.

Os 5 passos para ter uma infraestrutura de TI mais segura

Para ter uma infraestrutura de TI segura é preciso adotar boas práticas de Segurança da Informação que tornam toda a rede de computadores e sistemas do negócio menos suscetíveis a ações de hackers e ataques de vírus. 

Abaixo nós mostramos 5 passos para manter a estrutura de tecnologia da informação da sua empresa protegida:  

Passo 1: Alinhe a infraestrutura de TI às necessidades do negócio

É comum que, conforme a empresa cresça, novos equipamentos e soluções de TI sejam incorporados à infraestrutura da área, para dar suporte às novas demandas. Porém, nem sempre as novas aquisições são ideais e atendem de forma eficaz as necessidades e as particularidades do negócio.

Por isso, o primeiro passo para ter uma infraestrutura de TI segura é, de tempos em tempos, realizar um inventário da estrutura de Tecnologia da Informação da empresa para identificar aquilo que tem sido útil para a operação do negócio, o que precisa ser substituído e o que deve ser cortado da infraestrutura da área. 

Dessa forma, pode-se buscar novas soluções que ajudem a automatizar os processos, aumentar a proteção de dados, otimizar o armazenamento de informação e ainda reduzir os custos com o TI.

Passo 2: Automatize processos de TI

Depois de fazer o inventário e alinhar a infraestrutura de Tecnologia da Informação às necessidades do negócios, é hora de apostar na automação dos processos de TI visando à modernização da área.

No entanto, esse é um passo que exige uma análise criteriosa dos gestores da área para avaliar quais trabalhos e processos podem e devem ser automatizados sem perda da qualidade.

A automação dos processos de TI, quando feita de forma correta, melhora a eficiência da área, aumenta a produtividade da equipe, reduz custos e, claro, eleva os níveis de segurança. 

Passo 3: Estabeleça uma Política de Segurança da Informação (PSI)

O uso de recursos de tecnologia nas empresas cresceu e com isso cresceram as ameaças digitais aos negócios. Para mitigar os riscos trazidos por essas ameaças é preciso adotar regras e boas práticas de Segurança da Informação para proteger os dados e reduzir as vulnerabilidades dos sistemas corporativos. 

E para isso, estabelecer uma Política de Segurança da Informação (PSI) é indispensável. Diretriz que determina como lidar com os dados de valor gerados e armazenados pela empresa, a PSI mostra a todos os colaboradores de que forma utilizar os equipamentos e os sistemas de tecnologia do negócio. Assim a empresa ganha em proteção de dados, reduz os riscos de descumprir legislações como a LGPD e fica menos exposta a crimes cibernéticos.

Para saber mais sobre o assunto, leia também nosso artigo “Política de Segurança da Informação: entenda a importância de implementar uma em sua empresa”. 

Passo 4: Invista em soluções em nuvem

Os custos para manter uma boa infraestrutura de TI são elevados, por isso algumas tecnologias inovadoras estão ganhando espaço nas empresas, dentre elas as soluções em nuvem.

As principais vantagens de adotar esse tipo de tecnologia são:

  • o fim da necessidade de ter um data center instalado na empresa, o que elimina custos com mão de obra especializada, hardware robusto e energia elétrica.
  • não precisar fazer grandes investimentos iniciais em infraestrutura de TI, dispensando o uso de computadores com hardwares específicos para rodar o sistema da empresa.
  • ser rapidamente escalável e poder ser acessadas por celulares, uma vantagem e tanto em tempos de crescimento do trabalho remoto e do home office.

Passo 5: Faça testes de vulnerabilidade

Entender quais são as vulnerabilidades e os riscos que ameaçam o ambiente de TI da sua empresa é de extrema importância para aprimorar a segurança da infraestrutura dessa área. E é justamente esse o objetivo dos testes de vulnerabilidade: verificar, por meio de varreduras e scans feitos por profissionais, a resistência das redes e sistemas corporativos.

Uma empresa que objetiva ter uma infraestrutura de TI segura deve tornar os testes de vulnerabilidade parte de sua rotina de boas práticas de Segurança da Informação.  O ideal é que esse tipo de teste seja realizado trimestralmente, já que novas falhas surgem todos os dias e são exploradas continuamente por cibercriminosos. 

E então, nosso conteúdo sobre como criar uma infraestrutura de TI mais segura foi útil para você? Para esclarecer dúvidas que você possa ter sobre este ou outro assunto relacionado à Segurança da Informação fale com um dos nossos especialistas! E para conhecer nossas soluções, acesse nosso site.